Variedade

Bicho-homem à solta na Amazónia

Moça mulata busca homem 14193

Um roteiro de viagem pela Amazónia brasileira. Na realidade concreta dos dias, o rio é um emaranhado de estradas, que domina o espaço envolvente. As certezas confortam-nos. Tanta confiança na eternidade do rio e da floresta leva ao desprezo. Praia Barra Velha em Soure, Brasil Belém a porta de entrada na Amazónia, dizem os folhetos turísticos apresentou-se numa noite de fim de Setembro em que os relâmpagos iluminavam o céu. Nas ruas, uma miríade de cheiros, pregões, carros em corridas homicidas. A criatividade é, seguramente, uma característica estrutural do brasileiro.

Nenhuma outra companhia do submundo idade mais cobiçada que as polacas, judias de extrato europeu. Tão Belém como Manaus tinham contingentes de prostitutas europeias atraídas pela prosperidade amazônica, que capitalizavam em seus precedentes raciais e no irresistível fascínio das camadas médias e altas pela cultura europeia. Judias polonesas e russas chegaram, por vezes, a suplantar a tradicional cocote francesa no submundo amazônico. Muitas eram simplesmente aves exóticas de passagem, pousando único temporariamente, enquanto outras encontravam relacionamentos permanentes nas fronteiras da economias da borracha. Abstract: The forays of white-linen-clad urban gentlemen, visiting seringueiros and other devotees of bohemian life in the bars, brothels, and gambling dens of Belém and Manaus during the rubber boom, are part of the folklore of the idade. The legendary bacchanalian soirees and sparkling night life of clubs like the High Life and Moulin Revista Estudos Amazônicos vol. Women that lived with an open door in Amazonian parlance meant women that accepted callers for paid sexual liaisons. None were more favored companions in the demimonde than the polacas, Jewesses from the European Pale. Both Belém and Manaus had contingents of European prostitutes attracted by Amazonian prosperity that capitalized on their racial precedents and the overwhelming fascination among the Brazilian middle and upper classes for European culture.

Leave a Comment