Mulheres

Espiral #40: Está todo mundo exausto

Plano de cu 62640

O carisma dos personagens é um dos maiores atributos da série e conhecer a história de cada um é essencial para entender todas as intrigas e reviravoltas da série na Parte 4. Para que você saiba mais sobre os personagens, reunimos abaixo a lista de quem é quem na série [cuidado com os spoilers]. Seu verdadeiro nome é Sergio Marquina, um intelectual que passou a primeira parte da sua vida em uma cama de hospital, onde lia e ouvia histórias sobre roubos contadas pelo pai. Quando o pai morre baleado na porta do Banco Hispano-Americano, o garoto percebe que as histórias eram reais e cresce com uma mistura de orgulho e desejo de vingança. Na parte 4, ele precisa reunir forças para corrigir erros e salvar a sua equipe. Diagnosticado com uma forma terminal de miopatia, Berlim é violento e arrogante, mas se sacrifica para que a quadrilha possa fugir ao final do assalto à Casa da Moeda.

Uma leve brisa entra pela janela trazendo um som de clarinete repetitivo. Alguém deve estar aprendendo a tocar. Ouço a sirene de ambulância muito diferente da escandalosa que costuma rasgar as ruas de Berlim. Mais lenta, contrastando com o ritmo da cidade. Sinto-me exausta. Enquanto um lado vibra, outro cai em abandono. O meu vive na pochete enquanto estou na rua. Às vezes lembro que estou na minha cidade natal e relaxo, mas sigo nos altos e baixos como a pandemia.

Ouça cá os destaques da entrevista, com tratamento técnico de Joaquim Dias. A brinquedo consiste na captura a rainha dos Caboclinhos pelos Lambe-Sujos, que fica aprisionada. Em grosso o galanice é formado por integrantes negros. Vestidos de cores extravagantes, os participantes do galanice seguem pelas ruas da praça cantando e saracoteando, entre umbigadas, lembranças e marchas. Cobrindo totalidade corporação mesmo o pescoço, sobrepondo pedra por pedra, nas noites de lua cheia saíram pelas ruas dando pulos e rodopiando em cata da opção. Nasceram assim os parafusos. Reisado O Reisado, de origem ibérica, se instalou em Sergipe no período colônico. Hoje, o Reisado é dançado, também, em outros eventos e em qualquer estação do ano.

Leave a Comment